Pescarias e Caiaques Litoral SP Nosso Forum esta em fase de desenvolvimento, cadastre Agora.
Bem Vindo ao mais novo Forum de Pesca do Litoral Norte, forum destinado a Pesca Esportiva, seja ela Amadora ou Profissional, Pesca em Caiaque a modalidade que chegou para ficar..
Registre-se agora mesmo e fique por dentro de tudo.

Informativo, tudo sobre ancorar seu caiaque

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Informativo, tudo sobre ancorar seu caiaque

Mensagem  jsalvedote em Seg Abr 18, 2011 11:11 am

Informações Sobre Ancoras e Ancoragem.



Olá a todos, este Post tem o objetivo de auxiliar os novatos com informações sobre Fundeo e ancoragem.

Devido a alguns estudos que tenho e aos muitos tópicos que já li, achei interessante colocar o meu conhecimento em aberto a debates.

Agora que adquiri meu caiaque já fiz a âncora, na minha opinião a melhor âncora é a garatéia artesanal, ela é feita com amarras conhecida por cabo, barras de ferro usadas em Lages, mosquetões, um cano PVC onde o mesmo tenha altura e largura para chegar a 1,5kl cheio de concreto, acredito que é mais que o suficiente para fundear um brinquedo igual ao nosso.

Lembrando que toda medida de ancora é feita através do peso da embarcação ou seja se tiver uma embarcação de 1tonelada usa-se uma ancora de 1kl.

Vou colocar de uma forma que fique fácil de entender, só não colocarei as imagens.

Tipos de ancoras e suas aplicações.


1.Ancoras de Ferro temos âncora romana Calígula - ancora de pescador para pedras e galhos ancora viking.

2.Âncora almirantada a clássica e a Danforth.

3.Âncora Arado = Muito usada em veleiros. Temos também a Bruce bem parecida com Arado.

4.Âncora Patente = Não tem cepo, a haste é articulada aos braços, utilizada em Navios.

5.Âncora Cogumelo = Utilizada para fixar balizamentos.

6.Fateixa ou Folder são a mesma coisa, é a âncora que a maioria dos caiaqueiros estão usando, indicada para botes, Jet etc. por ser fácil de guardar e transportar, porém já vi muita gente perder ela em pedras.

7.Âncora garatéia, indicada para lugares que tem pedras, por ser fácil de remover, muito aplicada em traineiras e também em nosso estilo de embarcação. Caiaque. RS




Como é o Trabalho de uma Âncora? Como podemos aproveitar ao Maximo deste objeto?

Uma ancora trabalha da mesma forma que uma picareta. Quando a picareta é fincada no chão será necessário um grande esforço para arrancá-la quando se puxado pelo cabo certo. Entretanto se levantando o cabo, uma ação de alavanca se produzirá soltando facilmente do chão.

De maneira semelhante uma ancora unha no fundo, porque a amarra exerce o esforço na ancora no sentido de sua haste.

A Área de força de vários tipos e ancoras.

A Poita tem como características fundear embarcações para que permaneçam estacionadas, feita de blocos de pedra, concreto ou ferro bastante pesados com uma bóia de poita ligados por um tornel e corrente.

Muitas vezes as âncoras ficam presas no fundo, para isso é usado uma bóia de arinque, alem de ser utilizada para identificar a localização da ancora é uma forma de caçar o cabo de arinque para arrancar a ancora no sentido contraria.

E pode ser usada também para contornar o efeito da Maré.

Sempre que for descer a ancora nunca lançar ou jogar.

A Eficiência da âncora depende do tipo de fundos e quantidade de amarra solta.

Fundo de boa Tença para melhor unhar a ancora são.

Areia, Cascalhos e lamas.

Sempre poderemos encontrar a areia tensa, lodo, pedra, fundo de algas, lama e cascalho.

Outra eficiência da ancora está relacionado com o ângulo que a amarra faz com o fundo, quanto menor o ângulo maior eficiência.

A solução seria soltar o Maximo de amarra para que o ângulo fosse o menor possível, mas com muita amarra o raio de giro aumentaria perigosamente, principalmente próximo a embarcações ou costões.

Existem algumas técnicas de fundeio.

Filame é a quantidade de amarra relacionada a profundidade local, é utilizada uma técnica que relaciona profundidade local com a quantidade de amarra a ser solta (Filame) Levando em conta o estado do mar.

A utilização de corrente diminui a quantidade de amarra numa mesma profundidade.

Uma das coisas boas quando vamos fundear e analisar uma carta náutica sobre o local, numa situação de mal tempo o sinal da pequena ancora na carta indica:

Abrigado de ventos, correntes e ondas, profundidade adequada (até 10 metros para embarcações pequenas). Fundo bom – sem declive. Fundo de boa tença (areia, cascalho e lama)

Voltando ao raio de giro devemos calcular o raio considerando o Filame mais o comprimento da embarcação, com isto ficamos livres de obstáculos perigosos.

A aproximação é feita sempre contra o vento e a ancora solta, sempre atento a mudança de vento e de direção na corrente de maré para não correr riscos ok.

Sei que estamos buscando o Maximo de informação para sempre podermos usufruir o melhor de nossas pescarias sendo elas de barcos, lanchas ou caiaques. Por este motivo estou usando alguns termos técnicos.

Quando vamos funder para ficar um bom tempo e utilizando a amarra de cabo, qualquer ondinha fará levantar a quilha ou o casco provocando uma força na ancora que é puxada para cima e se soltando a garrada.

Para evitar esse efeito sem ter uma amarra só de corrente podemos utilizar a técnica de colocar outra ancora para deixar a amarra com pouco ângulo com o fundo, no nosso caso do caiaque soltar um chumbo com um terço do peso de nossa ancora.

Recolhimento da Âncora.

Para suspender a âncora temos que remar a vante para diminuir o ângulo da amarra com o fundo, nunca sair puxando como louco, se a âncora ainda estiver presa tentar continuar o seguimento a vante, falamos da âncora garatéia anteriormente por que ela desentorta soltando facilmente sem fazermos muita força, caso ela não saia de forma alguma temos duas possibilidades.

1- Primeira é mergulhar com óculos e snorkel que eu considero um item de segurança para sair de caiaque, lembrando que para tal mergulho temos que ter um bom conhecimento do local e de como usar estes itens de mergulho.

2- Se for iniciante ou a maré x correnteza estiver muito ruim, corte o cabo e deixe uma bóia de arinque que pode ser uma garrafa pet, marcando assim o lugar onde a âncora se encontra e volte outra hora, quando tudo estiver mais calmo.

Fundear o caiaque exige muita atenção, pois o mesmo é um tipo de embarcação onde não podemos fundear de polpa, a meu ver é sempre indicado fundear de proa contra o vento, sempre mantendo cabo passado por mosquetões na proa ao seu alcance, como dito anteriormente procure informações sobre o local, em cartas náuticas, com os pescadores da região, evite ficar muito próximo a costeira, sempre pesquise sobre como estará a tabua da maré, vento, lua, ondas, correntezas, tempo etc.....

Não sou nenhum especialista, sempre estou no mar, de barco e agora mais ainda de caiaque, estou aqui para ajudar e também aprender, como estou estudando para tirar minha Arrais, ainda tenho muitas informações e estou aberto a perguntas e também sugestões dos mais experientes no assunto.

Desculpe-me pelos erros que podem ter, todas estas informações são frutos de muita pesquisa e interesse para quem gosta principalmente do mar..


Agradeço a todos e boas caídas..

Ricardo

avatar
jsalvedote

Mensagens : 7
Data de inscrição : 15/03/2011
Idade : 41
Localização : Caraguatatuba - SP

Ver perfil do usuário http://www.omelhordobairro.com.br/caraguatatuba-centro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum